Seg, 28 de março de 2022, 14:52

Representantes da UFS recebem Medalha de Ordem do Mérito Serigy e Medalha Ignácio Barbosa
Solenidade ocorreu no Teatro Tobias Barreto

Em alusão aos 167 anos da cidade de Aracaju, a Prefeitura Municipal concedeu a Medalha de Ordem do Mérito Serigy ao reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Valter Santana, e ao professor do Departamento de Educação em Saúde, Paulo Martins. Além dessa honraria, o professor do Departamento de Medicina, José Augusto Barreto, também recebeu a Medalha Ignácio Barbosa no mesmo evento, realizado na última sexta-feira, 25, no Teatro Tobias Barreto.


Solenidade ocorreu no Teatro Tobias Barreto (Fotos: Pedro Ramos/Ascom UFS)
Solenidade ocorreu no Teatro Tobias Barreto (Fotos: Pedro Ramos/Ascom UFS)

Para o reitor, o reconhecimento é muito importante, tendo em vista o que vem sendo desenvolvido pela universidade. "Trabalhamos em prol de avanços em nossa rotina diária, e ser reconhecido com essa comenda reenergiza e estimula a gente a continuar trabalhando e promovendo avanços dentro da universidade que auxiliem no desenvolvimento da nossa capital Aracaju", destacou.


Foi concedida ao reitor a medalha de Ordem do Mérito Serigy
Foi concedida ao reitor a medalha de Ordem do Mérito Serigy

A Medalha de Ordem do Mérito Serigy, criada em 1973, através de decreto, é concedida a pessoas "físicas e jurídicas, nacionais e estrangeiras", que tenham prestado relevantes serviços ao município e aos aracajuanos. A condecoração leva o nome de um dos caciques sergipanos, o cacique Serigy, que ganhou destaque ao resistir bravamente à conquista portuguesa. O cacique é considerado o guardião da soberania, da autoestima, da liderança, da luta, da coragem e da servidão.


Foi concedida ao professor Paulo Martins a medalha de Ordem do Mérito Serigy
Foi concedida ao professor Paulo Martins a medalha de Ordem do Mérito Serigy

Para o professor Paulo Martins, a comenda é muito representativa."É uma honra receber essa comenda por todo o trabalho que fazemos em prol do desenvolvimento científico do estado e da nossa capital. Em especial, ao trabalho feito ao longo da pandemia, gerando conhecimento científico e colaborando da melhor maneira possível para a melhoria das políticas públicas de saúde. Coincidentemente,completados dois anos do início da pandemia, chegamos ao número de cinquenta artigos publicados em revistas de circulação mundial sobre a doença. É uma semana muito importante e de comemoração".

Já a Medalha Ignácio Barbosa, é uma homenagem especial do município aos artistas culturais, de artes plásticas, do audiovisual, teatro e fotografia, que contribuem para o cenário cultural de Aracaju. Criada em 1972, a condecoração leva o nome do fundador da cidade.


Foi concedida ao professor José Augusto a Medalha Ignácio Barbosa
Foi concedida ao professor José Augusto a Medalha Ignácio Barbosa

Reconhecido por um trabalho fotográfico realizado ao longo de dois anos, o professor José Augusto destacou a relevância do reconhecimento para que a sociedade entenda o papel do cidadão enquanto agente transformador. "Eu vejo como um estímulo para que as sociedades aracajuana e sergipana entendam que a comunidade pode ter sim uma parte do seu trabalho dedicada ao coletivo".


Representantes da UFS receberam as honrarias no Teatro Tobias Barreto
Representantes da UFS receberam as honrarias no Teatro Tobias Barreto

Na ocasião, políticos, empresários, servidores públicos, profissionais da saúde, das Forças Armadas, entre outros, que se destacaram em seus campos de atuação, prestando serviços de grande relevância à cidade e artistas culturais, de artes plásticas, do audiovisual, teatro e fotografia foram agraciados.

Ascom UFS

comunica@academico.ufs.br


Atualizado em: Ter, 29 de março de 2022, 17:13
Notícias UFS