Qua, 29 de março de 2017, 12:07

Reitor discute iniciativas de educação empreendedora
Em café da manhã com representantes do Sebrae e do Núcleo de Empreendedorismo da UFS
(Fotos: Schirlene Reis/AscomUFS)
(Fotos: Schirlene Reis/AscomUFS)

Em reunião com membros da administração na manhã desta quarta, 29, representantes do Sebrae/SE e do Núcleo de Empreendedorismo da UFS entregaram ao reitor Angelo Antoniolli o prêmio recebido pela instituição no Desafio Universitário Empreendedor 2016. A UFS foi a instituição de ensino superior com o maior número de participantes. Dos 39 alunos da inscritos no estado, 23 eram da UFS.

O coordenador de tecnologias sociais e ambientais (CTSA), Wellington Barros da Silva, explicou que a meta da instituição é, dentro dos próximos dez anos, se tornar referência em educação empreendedora no Nordeste.

“Nos próximos dois anos esperamos capacitar 2.000 estudantes. Em cinco, queremos ter uma plataforma de educação empreendedora disponível para todos os cursos, e esperamos, nos próximos dez anos, ser a instituição que mais investe em educação empreendedora no Nordeste”, informou Wellington.

Semifinal do Desafio

O Desafio Universitário Empreendedor é uma competição nacional de caráter educacional, desenvolvida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Nele os alunos são estimulados a desenvolver atitudes empreendedoras e a estarem mais preparados para os desafios do mercado, por meio da capacitação, aprimoramento e desenvolvimento de habilidades corporativas.


Dos 39 alunos de instituições sergipanas inscritos no Desafio Universitário Empreendedor, 23 eram da UFS
Dos 39 alunos de instituições sergipanas inscritos no Desafio Universitário Empreendedor, 23 eram da UFS

A semifinal do Desafio em Sergipe ocorreu em Aracaju, de 17 a 19 de março. Na programação, jogos empresariais, disciplina de empreendedorismo, palestras, papos de negócios, e treinamentos na plataforma de modelo de negócios. Os próprios participantes se avaliam e decidem quem segue ou não para a próxima fase.

Filipe Sousa Rodrigues, aluno de Secretariado Executivo, que participou do Desafio, quer que cada vez mais estudantes entrem na competição. “Tem sido uma vivência muito importante, espero que possamos espalhar isso ao máximo, para que outros alunos tenham também essa oportunidade”.

Essa é exatamente a meta do professor Augusto César, coordenador do Núcleo de Empreendedorismo: “Nossa ideia é agregar os alunos que chegam, e prepará-los melhor para o Desafio do ano que vem. Temos um projeto de educação empreendedora que já conta com 30 professores preparados, mas queremos chegar aos 60”.

Rosana Leite, do Sebrae/SE, é gestora do Desafio Universitário Empreendedor, e afirma que os objetivos da entidade passam “pelo desenvolvimento dos alunos no campo intelectual e como ser humano. Isso é tudo o que a pregamos e almejamos no Sebrae, por isso ficamos muito felizes de estarmos em parceria com a Universidade Federal de Sergipe”.

Márcio Santana

AscomUFS


Atualizado em: Qua, 29 de março de 2017, 15:55

Notícias Relacionadas
Notícias UFS
Avaliação
UFS é destaque no Enade 2016
Enfermagem e Nutrição (ambos de Lagarto) e Fisioterapia (Aracaju) obtiveram nota máxima; veja nota de outros cursos